‘A Terra é plana pra cacete’, diz o coronado canaense que não respeita o isolamento social

Canaã dos Carajás chegou a 878 casos confirmados do novo coronavírus. O surreal aumento de casos na Terra Prometida se explica, com toda a certeza, por lunáticos que acreditam que a Terra é plana, que a ciência é balela e que o isolamento social é burrice

Como previsto por um arrogante escritor há pouco mais de um mês, o coronavírus em Canaã dos Carajás é uma tragédia. Nesta sexta (29), 878 casos da doença foram confirmados na cidade. Além disso, lamentavelmente, 13 óbitos já foram registrados na Terra Prometida. Um completo caos. Em menos de 50 dias, os casos aumentaram de um para mais de 800.

Sem sombra de dúvidas, a dificuldade de parte dos canaenses em compreender a necessidade do isolamento social explica o assombroso crescimento da doença. Cumprindo uma quarentena “pra inglês ver”, uma parcela da população continua indo aos blocos fazer compras, promovendo algazarras com amigos, fazendo “visitas rápidas” à parentada e sendo muito, muito irresponsável com a própria vida e a vida de outras pessoas. As lives dos famosos, inclusive, se tornaram convites para aglomeração.

O isolamento social não é uma invenção política, ou uma jogatina partidária; é uma recomendação científica, uma medida adotada com rigor em todo o planeta para impedir o avanço da pandemia. Países que levaram à sério o isolamento estão, aos poucos, retomando rotinas econômicas

Acostumado a negar a ciência nos últimos anos, o brasileiro questiona o óbvio, leva a vida como se tudo fosse igual ao que era antes e coloca o país no epicentro da crise pandêmica no planeta.

O surreal aumento de casos na Terra Prometida se explica, com certeza, por lunáticos que acreditam que a Terra é plana, que a ciência é balela e que o isolamento social é burrice. Pra essa gente, negar a ciência, negar os fatos, é uma missão de vida.

Essa gente burra infestou o mundo e está definindo o amanhã de todos. Essa gente burra tomou o mundo, não pela qualidade do que são, mas pela quantidade: são muitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *